sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

O retorno - Risoto de Cogumelos

Olá pessoas!!!
O blog ficou abandonadinho por algumas semanas, mas agora estou de volta! Gostaria de ter feito alguns posts especiais para o fim de ano, mas infelizmente não tive tempo... Mas fica aqui registrada a promessa de ano novo, em 2013 tudo vai ser diferente! rs
A receita de hoje é um dos meus pratos preferidos. Eu amo cogumelos e confesso que só não consumo mais porque aqui em Hell Claro não é muito de fácil achá-los frescos e com um preço razoável. Mas enfim, nesse dia eu estava com sorte e não apenas achei o Portobello, como também o Hiratake, mais conhecido como cogumelo salmão. Esse cogumelo é lindo e tem um saborzinho delícia! Mas os tipos de cogumelo ficam ao gosto do freguês, certo? Já fiz esse risoto só com shimeji (meu cogumelo favorito!), só com shitake, com os dois misturados, com três tipos misturados, etc. O que você achar no mercado ou preferir vai ser o escolhido. Mas olha, faz um esforcinho para achar os cogumelos frescos, ok? Fazer esse risoto com champignon em conserva não tem a menor graça... 
Outro detalhe muito importante para um bom risoto é o caldo. Por favor, nada de usar caldo de quadradinho hein! Invista um tempinho para preparar um caldo bem caprichado e você não vai se arrepender. Pensa que você já gastou uma graninha comprando o arroz arbóreo, procurou loucamente bons  cogumelos frescos e agora vai estragar tudo com um caldo xexelento?! Nããão!! São só mais 5 minutinhos picando os legumes e pronto! É só observar o andamento da coisa e você nem precisa se preocupar. Além disso, o sabor do caldo também é ao gosto do freguês. Pode ser de carne, frango, legumes... Para esse risoto, em especial, acho que o caldo de legumes é o ideal, pois é mais suave e não encobre o sabor dos cogumelos. 
Ah, essa quantidade de arroz dá para umas 3 pessoas almoçarem legal... Então, se a sua família for maior, é só multiplicar tudo na proporção, certo?
Agora chega de falatório e vamos a receita!



Risoto de Cogumelos

INGREDIENTES
Caldo:
1 tomate grande
1 cenoura grande
1 cebola
Talos e cabinhos dos cogumelos
2 dentes de alho grandes
Talos de cebolinha ou 1 talo de salsão
2 litros de água fervente
Ervas a gosto (tomilho, salsa, manjericão, etc)

Risoto:
1 e ½ xic. (chá) de arroz arbóreo
400 gr. de cogumelos frescos refogados na manteiga com uma colherzinha de shoyo
4 col. (sopa) bem cheias de manteiga
50 gr. de queijo parmesão ralado
1 cebola pequena picada
½ xic. (chá) de vinho branco
Cheiro verde a gosto
Sal a gosto
2 litros de caldo de legumes

MODO DE PREPARO
Caldo:
Inicie refogando o alho e a cebola até murcharem. Adicione os outros legumes e refogue até começar a grudar no fundo da panela. Adicione a água fervente, as ervas e deixe cozinhando por pelo menos 40 minutos.


Risoto:
Refogue a cebola em 3 colheres de manteiga com um fio de azeite, mas não deixe ela escurecer. Adicione o arroz e refogue até os grãos ficarem levemente transparentes. Junte o vinho e mexa até evaporar o álcool. Vá colocando uma concha de caldo de cada vez até o arroz ficar al dente. Adicione os cogumelos refogados e mais uma concha de caldo. Por fim, coloque o restante da manteiga e o parmesão, misture bem e desligue o fogo. Tampe a panela e deixe descansar 5 minutos antes de servir.




É isso pessoal... Já que o mundo não acabou, um Feliz Natal pra todos e um Ano Novo sem muitas profecias apocalípticas, que isso já cansou! rs

terça-feira, 2 de outubro de 2012

Quiche de espinafre (ou do que você quiser!)

Olá pessoas!
O blog ficou parado durante a semana passada, mas foi por um bom motivo... Nos próximos meses teremos receitas diretamente de Vancouver!
Essa quiche foi uma das últimas receitas que fiz no Brasil e é uma das minhas preferidas. Ela é muito versátil e na verdade, pode ser do que você quiser! A querida mãe do Chito foi a responsável por me apresentar a essa delícia e ela costuma trocar o espinafre pela cebola. É simplesmente perfeito.... Com alho poró também  é incrível, mas vale o que você tiver na geladeira ou estiver a fim de comer. Eu precisava esvaziar minha geladeira antes da viagem e tinha um espinafre dando sopa por lá, então foi ele mesmo. Também tinha uma ricota e ela foi junto. Então, anota os ingredientes básicos e bota pra jogo o que te agradar mais, ok?!


Quiche de espinafre (ou do que você quiser!)


INGREDIENTES
Massa:
150 g. de manteiga
300 g. de farinha
1 ovo
1 col. (sopa) de maisena
1 col. (sopa) de creme de leite

Recheio (líquido):
500 ml de creme de leite fresco
3 ovos
2 gemas
250 g de requeijão (tem que ser aqueles de bisnaga, com consistência mais firme, mas nessa versão troquei o requeijão pela ricota)
2 col. (sopa) parmesão
1 pitada de sal
1 pitada de nós moscada
Pimenta a gosto

Recheio (seco)
1 maço de espinafre refogado (pode ser substituído por 3 cebolas, 2 alhos-poró, etc.)

MODO DE PREPARO
Massa:
1. Misturar todos os ingredientes e sovar levemente até ficar homogêneo.
2. Envolver a massa em plástico filme e deixar descansar por 20 minutos na geladeira.
3. Abrir a massa em assadeira não untada com fundo falso.

Recheio (líquido):
1. Bater tudo no liquidificador e reservar.

Recheio (seco):
1. Refogar o espinafre fatiado finamente na manteiga.

Montagem:
1. Distribuir o espinafre sobre a massa e cobrir com o recheio líquido.
2. Assar em baixa temperatura (cerca de 180oC) por cerca de 1 hora.
3. Após tirar a quiche do forno, aguardar 10 minutos antes de desenformar. 




Uma pimentinha sempre acompanha bem.... 

sábado, 22 de setembro de 2012

Carne assada em crosta de manteiga e ervas

Olá pessoas!
Vi a receita de hoje no programa Que Marravilha! do chef Claude Troisgros. Escrevi "carne" no título porque o Claude usou filé mingon, mas eu tinha uma maminha aqui na geladeira e acabei usando ela mesmo. Ficou ótimo! Acho que essa crosta é adaptável para vários tipos de carne, mas tentem apenas escolher um corte macio e de um tamanho pequeno para uma boa cocção.
Mudando a conversa, alguém mais assiste ao Que Marravilha!? Gente, acho esse programa muito divertido! Para quem não conhece, durante o programa o chef Claude se propõem a ensinar uma receita a alguém indicado por amigos ou familiares. Geralmente é uma pessoa sem a menor experiência na cozinha e surgem situações muito engraçadas. No episódio dessa receita de carne assada, a participante era uma moça vegetariana que queria aprender a fazer carne vermelha para atrair um namorado! rs O Claude disse que é uma boa tática e que essa receita pode sim garantir um "boy magia"... então fica a dica para as minhas  amigas solteiras! rs


Carne assada em crosta de manteiga e ervas

INGREDIENTES
1kg de filé mignon ou maminha ou a carne de sua preferência
2 colheres (sopa) de azeite
5 dentes de alho na casca
5 folhas de louro
Sal (a gosto)
Pimenta-do-reino branca (a gosto)
Tomilho (a gosto)
Alecrim (a gosto)

Para a crosta de manteiga de ervas:
2 dentes de alho moídos
1 colher (sopa) de pimenta dedo-de-moça picada (eu usei jalapenõ)
80g de pão de forma ralado
1 colher (sopa) de mostarda de Dijon
80g de manteiga
30g de queijo suíço ralado (eu usei queijo mineiro e recomendo!)
Pimenta verde em grãos (a gosto)
Sal (a gosto)
Pimenta-do-reino branca (a gosto)
Tomilho picado (a gosto)
Alecrim picado (a gosto)
Salsa picado (a gosto)

MODO DE PREPARO
1. Tempere a carne com sal e pimenta-do-reino branca moída.
2. Sele no azeite até corar de todos os lados. Junte o alho amassado e as ervas na frigideira e deixe por mais 2 minutos.
3. Transfira tudo para uma assadeira e asse no forno a 140ºC, por cerca de 20 a 25 minutos.


4. Tire do forno e deixe esfriar. Molde a crosta de manteiga e ervas em cima da carne.
5. Volte a carne ao forno a 250ºC durante 10 minutos, ou até a crosta tostar.

Crosta:
Misture todos os ingredientes até ficar homogêneo. 



Bom meninas, a receita tá aqui... agora é só investir! 

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Berinjela de Forno Vegetariana

Olá pessoas!
Essa berinjela é muito, muito, muito boa! Ok, eu sou um pouco suspeita porque amo berinjela e prezo por manter carne longe do meu prato, mas o Chito - carnívoro e provador oficial do blog - pira nessa receita. Então, podem botar fé! 
Essa berinjela de forno já foi feita de várias maneiras aqui em casa... com a berinjela frita, com a berinjela grelhada, recheada só com molho de tomate e queijo, recheada com o próprio miolo da berinjela refogadinho, etc. São muitas opções e vou ser bem sincera: todas são ótimas! Mas a receita de hoje é a minha preferida. Comecei a pensar nela depois de comer aquela pizza vegetariana da Pizza Hut. A combinação de queijo, tomate, champignon, pimentão, cebola e azeitonas é boa demais e casa bem com uma milhão de coisas. Por que não arriscar no recheio da berinjela? Deu certo! E fica tão linda, douradinha e gostosa! 


Berinjela de forno vegetariana

INGREDIENTES
2 berinjelas médias
1 pimentão amarelo pequeno em cubinhos
100g de champignon fatiado
2 tomates em cubinhos
50g de azeitonas verdes fatiadas
1 cebola pequena em cubinhos
Queijo muçarela ou parmesão a gosto
Cheiro verde a gosto
Pimenta jalapeño a gosto (opcional)

MODO DE PREPARO
1. Lave e corte as berinjelas ao meio no sentido do comprimento. Coloque-as para cozinhar no vapor até que a casca seja facilmente perfurada por uma faca (cerca de 10 minutos). Caso você não tenha uma vaporeira, pode fritar as berinjelas (ela absorve bastante óleo, mas fica bem crocante e não vou negar que é uma delícia!) ou então grelha-las durante alguns minutos numa frigideira com azeite.
2. Em uma panela, aqueça um pouco de azeite e refogue a cebola. Quando ela estiver levemente dourada, acrescente os pimentões e os tomates. Espere eles murcharem, adicione o champignon e as azeitonas e tempere com sal e pimenta. Refogue mais 2 minutinhos, desligue o fogo e acrescente o cheiro verde.
3. Acomode as berinjelas em uma assadeira e faça cortes superficiais para o recheio se acomodar melhor. Cubra cada metade com uma porção generosa do refogado. A cobertura de queijo é a gosto do freguês. Tem dias que quero uma camada bem servida de queijo muçarela, em outros uma boa cobertura de catupiry e as vezes só uma polvilhada de parmesão já me deixa feliz.


4. Leve ao forno bem quente (+ou- 200º C) até o queijo dourar.





Hummm... que fominha. Acho que hora de ir para a cozinha!

domingo, 16 de setembro de 2012

Bolo de chocolate com brigadeiro

Olá pessoas!
Esse bolo é para atender aos pedidos de amigos que querem receitas bem descomplicadas e docinhas! Não vai levar nem 10 minutos para fazer a massa e enquanto o bolo assa, se estiver a fim de uma gordicezinha, pode gastar 15 minutos no brigadeiro. Eu geralmente faço esse bolo sem o brigadeiro porque a massa, por si só, já é muito macia e gostosa. Mas hoje é domingo e pode tudo!
Você não vai precisar de liquidificador nem de batedeira! Pegue só uma tigela grande, uma colher e vem comigo!


Bolo de Chocolate

INGREDIENTES
2 xícaras (chá) de farinha
1 xícara (chá) de açúcar
1 xícara (chá) de chocolate em pó (eu prefiro cacau em pó, mas é a gosto do freguês!)
½ xícara (chá) de óleo
1 xícara (chá) de água quente
2 ovos
1 colher (sopa) de fermento químico em pó
½ colher (café) de bicarbonato

MODO DE PREPARO
1. Numa vasilha grande, misture bem todos os ingredientes até ficar bem homogêneo.
Obs: Lembre-se de começar pelos líquidos (ovos e óleo), mas deixe a água quente para o final!
2. Coloque a massa em uma assadeira untada e leve ao forno pré-aquecido a 180º C por cerca de 40 minutos.


Brigadeiro

INGREDIENTES
1 lata de leite condensado
1 colher de manteiga
3 colheres (sopa) de chocolate em pó
Granulado para decorar

MODO DE PREPARO
1. Coloque todos os ingredientes em uma panela e misture bem antes de levar ao fogo.
2. Leve ao fogo baixo e não pare de mexer até ver o fundo da panela.



Bom final de domingo....

sábado, 15 de setembro de 2012

Butter Burguer

Olá pessoas!!!
A receita de hoje é para os adoradores de um bom hambúrguer caseiro. Quem já provou um hambúrguer feito em casa, com carne de verdade e no capricho, duvido que tenha voltado a comprar os de caixinha.
Tem um mocinho aqui em casa que pira num bom hambúrguer e não chega nem perto dos congelados. Como um bom carnívoro, ele gosta daqueles hambúrgueres bem altos e bem suculentos, coisa que não dá para achar no mercado.
Uma das receitas que ele mais gosta é essa do Butter Burguer, que foi inspirada na do blog Figos e Funghis. A Fabiana, autora do FeF, achou a receita numa edição especial só de hambúrgueres da revista gringa Food Network. E olha, esse povo entende mesmo do assunto. Esse hambúrguer tem esse nome pois leva, estrategicamente, um pedaço de manteiga no meio que vai derretendo conforme a carne é grelhada. Assim, ele fica muito suculento e saboroso... O Chito recomenda! rs


Butter Burguer

INGREDIENTES
500g de carne bovina moída com pouca gordura (pode ser alcatra, patinho, um "blend", etc.)
1 colher de café de sal
pimenta do reino branca moída a gosto
pedaços de manteiga gelada
azeite para grelhar

MODO DE PREPARO
1.  Misture bem a carne com o sal e a pimenta.  
2. Molde os hambúrgueres usando uma forma própria ou fazendo bolas. Tente montar uma camada de carne, um bom pedaço de manteiga e por fim, outra camada de carne. 



3. Coloque-os em uma superfície plana (assadeira ou tábua) e leve ao congelador por 20 minutos para firmar. 


4. Aqueça bem uma frigideira e coloque 1 fio de azeite para grelhar o hambúrguer. Grelhe até atingir o ponto desejado.


Sente só a "suculência"...rs.

quinta-feira, 13 de setembro de 2012

Pão Vienense ou Pão pra toda hora!

Olá pessoas!
Hoje temos mais uma receita de pão! O nome original é Pão Vienense, mas acho que "Pão pra toda hora" substitui muito bem. Isso porque você pode modelar a massa de inúmeras maneiras e com ela fazer pão de forma, pão recheado, pão enrolado, pão de hambúrguer, etc. A massa é neutra, muito versátil e muito fácil de trabalhar. E depois de pronta, tô pra ver um pão mais macio!
A receita é bem simples e por favor, não se deixem assustar pelos 3 períodos de crescimento que a massa exige. Não tenha pressa, vá pensando nas delícias que irão acompanhar seu pão... uma boa geleia, uma manteiga caseira, uma boa fatia de queijo mineiro ou o melhor - requeijão! rs Cuide do seu pão e com certeza ele te recompensará com uma fatia bem quentinha e gostosa!


Pão Vienense

 INGREDIENTES
500g de farinha de trigo
20g de fermento biológico fresco
30g de açúcar
1 ovo
265 ml de leite morno
10g de sal
30g de manteiga

MODO DE FAZER
1. Dissolva o fermento no leite e açúcar. Vá adicionando os outros ingredientes, sempre mexendo bem. A mistura ficará pegajosa, mas é isso mesmo, não se preocupe. Para quem tem aquela batedeira planetária, vale bater os ingredientes por cerca de 10 minutos com o gancho.
2. Descanse a massa por uns 30 minutos em uma vasilha coberta com plástico filme.
3. Retire a massa da vasilha e coloque em uma superfície polvilhada de farinha. Abra a massa levemente e dê uma leve boleada. Deixe descansar por mais 30 minutos.
4. Abra a massa com um rolo e modele no formato que desejar. Eu modelei o pão de dois modos para vocês verem a belezura que fica. Na assadeira retangular fiz o tradicional pão de forma e na redonda o pão delícia de hambúrguer. Caso aprecie, faça cortes levemente angulares e bem próximos um dos outros (estilo vienense). Pincele com um ovo batido e leve para fermentar até que dobre de volume. Pré-aqueça o forno a 180°C.


5. Pincele os pães novamente e leve-os ao forno por um período entre 25 e 35 minutos (Isso vai depender do tamanho que você modelou seu pão! Quanto maior o pão, mais tempo de forno ele vai precisar).   




Aí... não falei que se cuidasse com carinho dele haveria uma boa recompensa. Hora do lanche!

sexta-feira, 7 de setembro de 2012

Galette de ricota e cebola caramelizada

Olá pessoas!
A receita de hoje foi um achado do meu pai. Ele comprou algumas revistas de culinária bem antigas em um sebo e achou que essa tinha potencial. Numa das minhas visitas ele pediu que eu fizesse e confirmamos a gostosura dessa galette!
O recheio sugerido na revista é de ricota, mas por que não dar um incrementada? O acréscimo da cebola caramelizada foi inspirado pelo programa A Cozinha Caseira de Annabel, que num dos episódios mostra uma receita de cebola caramelizada que é de suspirar.... Aliás, tudo nesse programa me faz suspirar. A Annabel Langbein mora  numa fazendinha nos alpes da Nova Zelândia e colhe frutas, verduras, legumes e temperos orgânicos em sua horta particular. Além disso, ela tem como vizinhos produtores de queijos, de vinhos, pescadores, etc. Tudo tão bucólico, tão bonito... Dá vontade de sair correndo para ser vizinha da Annabel!
Ok, a história tá bacana mas já imagino caras de interrogação questionando "mas que raios é uma galette?!!!" Galette é um termo genérico muito utilizado na culinária francesa para designar tortas doces ou salgadas. O que diferencia a galette de uma torta convencional é o seu formato. Ela  não é moldada em uma assadeira e sim manualmente, dando um aspecto rústico e geralmente com o recheio aparecendo no centro. Olhem só na foto aqui embaixo.


Galette de ricota e cebola caramelizada 

INGREDIENTES DA MASSA
1/3 xícara (chá) de água morna
15g de fermento biológico fresco (=1 tablete)
½ xícara (chá) de açúcar
1 ½ xícara (chá) de farinha de trigo
½ col (chá) de sal
1 ovo
1 gema para pincelar
3 col. (sopa) de manteiga

MODO DE PREPARO
Misture a água, o açúcar e o fermento e deixe descansar por 10 minutos. Em outra tigela misture o restante dos ingredientes e adicione a mistura de fermento. Junte farinha até desgrudar das mãos. Transfira para uma tigela untada de manteiga e gire-a para que a massa fique toda untada. Cubra e deixe crescer por 45 minutos. Empurre a massa para baixo e deixe descansar mais 10 minutos antes de abrir. Abra a massa com um rolo até ficar com cerca de meio centímetro de espessura. Coloque-a aberta em uma assadeira untada e espalhe o recheio no centro, formando um círculo. Eu coloquei uma camada da ricota, cobri com a cebola caramelizada e polvilhei queijo parmesão. Agora é só fechar, puxando uma parte da massa de cada vez em direção ao centro. Pincele a massa com a gema batida e asse em forno pré-aquecido a 200 graus até dourar (+ou- 30 minutos).



INGREDIENTES DA CEBOLA CARAMELIZADA
6 cebolas roxas fatiadas em rodelas finas
1/3 xícara (chá) de açúcar mascavo
1/3 xícara (chá) de vinagre balsâmico (se não tiver, não deixe de fazer! use o vinagre de vinho comum que vai dar certo!)
1 ½ xícara (chá) de água
2 colheres (sopa) de azeite
1 colher (chá) de sal
Pimenta do reino a gosto

MODO DE PREPARO
Coloque todos os ingredientes em uma panela de fundo grosso e leve em fogo médio. Cozinhe por aproximadamente 40 minutos até o líquido secar e mexa de vez em quando.

INGREDIENTES DO RECHEIO DE RICOTA
400g de ricota
100g de creme de leite
1 punhado de cheiro verde bem picado
Sal a gosto

MODO DE PREPARO
Amasse ou processe a ricota e misture com os outros ingredientes.


Eu até tentei tirar uma foto do recheio, mas não deu tempo.... rs.

quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Cheesecake de framboesa


Olá pessoas!
Hoje o post reúne uma das chefs que eu mais gosto e uma das minhas sobremesas preferidas. Essa receita de cheecake da chef Nigella Lawson é rápida, muito saborosa e facílima – não vai ao forno e seu maior trabalho será pegar o liquidificador no armário.
A receita original é com cobertura de calda de cerejas, mas já testei várias opções: goiabada, geleia de morango, de amora, de framboesa e afirmo que a última é, sem dúvidas, a melhor! Aqui em Rio Claro não é muito fácil achar as frutas frescas ou mesmo congeladas para fazer uma geleia caseira e deixar a torta ainda mais gostosa, então costumo usar geleias prontas – o que elimina outra etapa da receita. 
Então, escolha a cobertura de sua preferência e mãos à obra!




Cheesecake de framboesa

INGREDIENTES
125g de biscoito maisena (eu uso um pacote de 200g)
75g de manteiga amolecida
300g de cream cheese
60g de açúcar 
1 colher de chá de essência de baunilha
1 colher de chá de gotas de limão
250g de creme de leite fresco
Geleia de framboesa a gosto

MODO DE PREPARO
1 – Triture o biscoito no liquidificador ou processador e misture com a manteiga. Amasse até ficar homogêneo e forre o fundo uma assadeira com fundo removível. Pressione bem os lados para que eles fiquem um pouco mais altos que o fundo.




2 - Bata o cream cheese, o açúcar, a baunilha e as gotas de limão até ficar bem cremoso e reserve.
3 – Bata o creme de leite até ele ganhar consistência e misture ao cream cheese.



4 - Espalhe o creme sobre a massa de biscoito e alise para ficar bem bonitinho. Leve à geladeira por algumas horas (eu costumo fazer no dia anterior), desenforme e cubra com a geleia de framboesa.



Esqueça o regime e aproveite cada pedaço dessa maravilha...